quarta-feira, 5 de agosto de 2009

"Os F1 do Ayrton" - O adeus com a WilliamsF1

Williams FW16 (Renault V10 Aspirado) 1994

Fechando (infelizmente) a série "Os F1 do Ayrton" com a ilustração do Williams FW16 nº 2 de 1994.
Com sede de tornar-se tetracampeão do mundo na temporada de 94, bater muitos outros recordes e conquistar mais e mais vitórias, Ayrton Senna anunciou sua nova empreitada com a WilliamsF1 Team no dia 11 de Outubro de 1993, um mês depois de Alan Prost ter conquistado seu quarto título com a equipe e se despedir da Fórmula 1. Dessa maneira, Senna e o Williams FW16 eram considerados imbatíveis para a temporada 94 da categoria, porém, isso não se concretizou.
Tragicamente, o casamento entre Senna e Williams chegou ao fim na terceira corrida do ano, em Ímola (Itália), no dia 1º de Maio de 1994.
O que deveria ter sido um sonho acabava de se tornar uma tragédia.
Ayrton Senna da Silva (1960-1994).
FIM

6 comentários:

Luís Augusto disse...

Uma grande ironia um grande piloto ter morrido em um dos carros mais bonitos da história da F-1...

Ararê Ilustração disse...

Concordo com você Luís, e o curioso é que o primeiro F1 que o Ayrton pilotou foi uma Williams, e também o último...

Joel Marcos Cesetti disse...

E infelismente não pode tirar tudo que o carro oferecia.


abs

Felipão disse...

Ararê... Além do que vc e os amigos colocaram aqui nos comentários, essa Williams é sempre deixada de lado quanodo fazem homenagens ao Senna. Tanto o carro como o capacete com o logo da Rothmans. Parece que querem esquecer a história, quando ela deve ser preservada para o interesse de todos.

Ararê Ilustração disse...

Felipão, me parece que esse capacete do acidente foi incinerado, será verdade?

André. disse...

Ararê, suas ilustrações são magníficas. Você vai fazer a ilustração do Senna nas outras categorias?