segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

François Cevert - 1944/1973

Albert François Cevert, Tyrrell-Ford 006 (1973).

6 de Outubro de 1973, GP dos Estados Unidos de F1, circuíto de Watkins Glen, treinos classificatórios para o último GP do ano.
O francês François Cevert faria sua última corrida como companheiro de Jackie Stewart, que havia anunciado sua decisão de se aposentar da Fórmula 1 depois de ter conquistado por antecipação o título da temporada, na equipe de Ken Tyrrell.
Cevert já estava confirmado como primeiro piloto da equipe Tyrrell para 1974 e já era apontado por muitos como favorito ao título.
Cevert precisava de um bom resultado nessa última prova da temporada para chegar ao vice-campeonato. Ele já havia assegurado o 4º melhor tempo nos treinos, mas resolve voltar à pista na tentativa de melhorar sua posiçao no grid. Em uma volta muito rápida ele perde o controle do seu Tyrrel nº 6, bate violentamente no guard rail do lado esquerdo da pista e é arremessado para o lado oposto, capotando e se arrastando de cabeça pra baixo pela "lâmina" de metal do guard rail por cerca de 100 metros.
François Cevert teve morte instantânea.
O acidente, ocorrido em uma das épocas mais perigosas da Fórmula 1, é até hoje considerado um dos mais graves e brutais da categoria.
Para saber mais sobre François Cevert clique aqui "GPtotal".

7 comentários:

Speeder_76 disse...

Sempre que vejo um desenho do Cevért, fico emocionado. Acho sempre que ele era um dos tais "campeões do mundo em potência" que muitas das vezes se fala, e que o Destino se encarregou de o levar mais cedo.


O capacete dele é muito bonito. O meu virtual se inspira no dele.

Felipão disse...

Eu também, Speeder. Ainda mais numa ilustração, onde nota-se a emoção passada por seu semblante. Belíssima e meredica homenagem...

Joel Marcos Cesetti disse...

Essa ilustração do Cevert emociona pois poucos falaram do profissional e grande piloto.
Conheci pessoalmente em Interlagos em 1973, conversamos me deu autógrafo e morreu em Outubro de 1973.
Grande piloto e acima de tudo muito simpático.

Mauricio Morais disse...

Parabéns Ararê, como sempre um excelente retrato vetorizado, pura arte. Você captou toda a essência do Cevert nesta olhar.
Quanto tempo de trabalho entre pesquisa e vetorização?

Marchesi disse...

Grande Ararê, sempre mandando bem. Gostei muito desse!
Abraços cara!

De Gennaro Motors disse...

Olá amigo,

Tudo bem ! Voltei de férias !

Visite o meu blog e veja as modificações que fiz: www.degennaromotors.blogspot.com

Passe por la e veja !

Está página também vale a pena ver: www.degennaromotorsmaterias.blogspot.com

Um abraço, Fernando A. De Gennaro.

Mário Pereira disse...

Grande retrato. Mostra os dois lados: o profissional e o pessoal. Piloto e homem que partiu cedo demais.

Abraço