segunda-feira, 22 de novembro de 2010

"Os F1 do Emerson" - 1971 - Um ano sem vitórias e a "experiência" com o Lotus Turbina

Lotus 72D (Ford-Cosworth V8) - Gold Leaf Team Lotus - 1971.

Lotus 56B Turbine (Pratt & Whitney) - Gold Leaf Team Lotus - Brands Hatch.

Lotus 56B Turbine (Pratt & Whitney) - World Wide Racing - GP de Monza.

Em 1971 Emerson não venceu nenhuma corrida e teve que se contentar com o papel de coadjuvante da temporada.
Num ano marcado por várias quebras (GPs da África do Sul, Espanha e Alemanha), um quinto lugar no Grande Prêmio de Mônaco, dois terceiros (França e Inglaterra) e um segundo lugar na Áustria, o brasileiro termina o campeonato na 6ª colocação com 16 pontos.
Emerson utilizou o Lotus 72C do ano anterior apenas nos dois primeiros GPs (África do Sul e Espanha) e o Lotus 72 versão D no restante da temporada, exceto no Grade Prêmio da Itália em Monza onde utlizou o Lotus 56B Turbina (dourado e preto) de numeral 5 chegando na 8ª colocação.
Nesse mesmo ano Emerson também utilizou o Lotus 56B Turbina em duas corridas extra campeonato, Brands Hatch (Inglaterra) no dia 21 de Março e uma corrida da Fórmula 5000 em Hockenheim (Alemanha) em 12 de Setembro.
Clique no link e leia a "experiência" de Emerson com o Lotus Turbina.

4 comentários:

Mauricio Morais disse...

Ararê, soltei foguetes agora. Essa coletânea com os carros do Emerson está sendo demais. Parabéns.

Ararê Ilustração disse...

Cuidado aí fogueteiro hahaha... Garimpar na net atrás de informações e fotos de referência dá uma mão-de-obra do cara..., mas o resultado final vale a pena.

Valeu meu amigo!

Francis Henrique Trennepohl disse...

Essa Lotus 56 B é de chorar. Linda demais!!!
Ararê, sei bem o que é 'garimpar' essas informações na internet, jornais, revistas, etc., mas vamos confessar: o resultado final vale o esforço.
Abração

Rui Amaral Jr disse...

Demais mesmo!

Um abraço

Rui